logo

Entrar
Actualizado às 2:55 PM, Oct 22, 2019

Paolo Sorrentino entre os novos e os velhos

Consagrado nos Oscars com «A Grande Beleza», Paolo Sorrentino é, hoje em dia, um dos nomes mais internacionais do cinema italiano — a sua filmografia distingue-se por uma invulgar diversidade de temas e estilos. Quando «A Grande Beleza» venceu o Oscar de melhor filme estrangeiro referente a 2014, o nome de Paolo Sorrentino rapidamente adquiriu uma ressonância internacional — como se fosse o “novo Fellini” do cinema italiano. É verdade que ele próprio assumiu que a sua visão poética e desencantada da cidade de Roma não era estranha à herança de «A Doce Vida» (1960), precisamente o filme com que Federico Fellini consolidou toda uma mitologia das gentes e lugares romanos; mas não é menos verdade que nunca Sorrentino pretendeu…
Tagged em

Nanni Moretti não se demite do seu cinema

“Di´una cosa di sinistra, di’ una cosa anche non di sinistra, di civilitá” (diz uma coisa de esquerda, diz uma coisa mesmo que não seja de esquerda, de civilização). Em «Abril» (1998), Nanni Moretti assiste a um debate na televisão e vocifera com a televisão demonstrando o descontentamento perante a falta de argumentos da esquerda. O cinema de Moretti é profundamente político, ideologicamente comprometido, e preocupado com os grandes temas do seu país. O realizador dirigiu o seu primeiro filme em 1973, com 20 anos, e desde a década de 80 do século passado que é uma presença regular e muito considerada no circuito dos festivais de cinema. Ele assumiu o papel principal em grande parte dos seus filmes interpretando…

BSO - Ex-Machina

Max Richter «Ex-Machina - Original Motion Picture Soundtrack» (Invada) A estreia na realização de Alex Garland – de quem até aqui conhecíamos acima de tudo o trabalho como argumentista – revelou em «Ex-Machina» mais um episódio consequente (e diferente da norma feita de apenas efeitos visuais) do cinema de ficção científica do nosso tempo. Na hora de pensar a música para o filme chamou dois nomes que aqui cimentaram a força de uma dupla consequente. Um deles é Ben Salisbury, compositor com obra já feita em cinema e, sobretudo, televisão. O outro não é senão Geoff Barrow, uma das almas dos Portishead que começa a dar passos seguros também na criação de música para acompanhar imagens. O par reencontra-se aqui…

BSO - Tempos Modernos

Realizado, produzido, escrito e protagonizado por Charles Chaplin, o seu clássico «Tempos Modernos» não esgota nestas referências da ficha técnica a sua direta intervenção. Na verdade, há um outro valor criativo maior a apontar ao filme que, estreado em 1936, representou a primeira ocasião na qual a sua voz de escutou: a música. Chaplin assinou a sua composição, fruto de um trabalho de parceria com o compositor e maestro Alfred Newman, um dos nomes de maior peso na história musical do cinema norte-americano. Chaplin tinha alguns conhecimentos de música e tocava inclusivamente violino e, neste filme, escutamo-lo a cantar um tema de Léo Daniderff, numa versão que acabou conhecida como “Nonsense Song”. Da sua banda sonora, na linha do que…
Tagged em

BSO - A Barriga de Um Arquitecto

Tal como outros realizadores o tinham já feito, o britânico Peter Greenaway tinha encontrado na música do seu compatriota Michael Nyman a voz para a música dos seus filmes, entre títulos como «Um Z e Dois Zeros», «The Falls» ou «O Contrato». Mas em 1985, para criar a música de «A Barriga de Um Arquitecto» (que antecede o marcante «Maridos à Água», a mais célebre e consequente das colaborações com Nyman), Greenaway procurou junto de outros compositores a banda sonora para a história do confronto de um arquiteto americano a quem, em Roma, pediram trabalho para o mausoléu de um outro arquiteto cuja obra havia sido uma importante fonte de inspiração para o alemão Albert Speer (figura da alta hierarquia…

BSO - The Virgin Suicides – Deluxe Edition

Air, The Virgin Suicides – Deluxe Edition (Virgin) A filmografia de Sofia Coppola tem revelado um raro saber na forma de juntar música às imagens e narrativa. A música de Kevin Shields serviu parte da construção das sugestões de solidão e distância em «Lost in Translation – O Amor é um Lugar Estranho». E a banda sonora com canções dos New Order, Bow Wow Wow ou Adam and The Ants e peças de Vivaldi, Rameau ou Scartlatti ajudou a estabelecer as pontes entre o século XVIII e o nosso tempo em «Maria Antonieta». Na verdade este interesse evidente pela criação de uma sólida base musical como elemento determinante na construção dos filme surgiu logo em 2000; o filme «As Virgens…
Tagged em

25ª Edição IFP Gotham Independent Film Awards

Os Prémios Gotham, entregues na noite de 30 de Novembro, marcam o início da longa temporada de prémios da sétima arte que culminam com a atribuição dos Oscars. Os prémios de cinema independente realizados anualmente em Nova Iorque são um dos principais barómetros para os Oscars. Em 2014 três dos vencedores levaram para casa a estatueta dourada, «Birdman», Melhor Filme , Julianne Moore, Melhor Actriz e «Citizen Four», Melhor Documentário. O grande vencedor deste ano foi «O Caso Spotlight» de Tom McCarthy, arrecadou o Prémio de Melhor Filme, Argumento e um prémio especial de Melhor Ensemble partilhado por Mark Ruffalo, Michael Keaton, Rachel McAdams, Liev Schreiber, John Slattery, Stanley Tucci e Brian D'Arcy James. O filme baseado em factos verídicos…
Tagged em

Os compositores ao serviço de 007

Se, com raras exceções, as canções mudam de voz em todos os filmes, já o autor da banda sonora pode aqui ser figura capaz de definir consulados ao serviço de vários realizadores. Thomas Newman acaba de fazer a sua segunda banda sonora para James Bond. Mas o recordista é John Barry, que compôs para onze filmes, entre 1963 e 1987. Ao contrário das canções, onde só houve uma repetente – foi ela Shirley Bassey, e logo com três participações – a atribuição da composição das bandas sonoras dos filmes do universo James Bond a um compositor na verdade revelou já vários consulados, o mais longo dos quais cabendo ao compositor britânico John Barry, ainda hoje a “voz” orquestral cuja assinatura…
Assinar este feed RSS